1 Esmalte L'Apogée 3 Free Jabuticaba

Bom dia!!

Tudo bem com vocês?

          Comecinho de semana ensolarado mas ainda frio, graças frente fria de trouxe bastante chuva no sábado e domingo. As plantas e nossa respiração agradecem, mas já quero aquele clima quente de volta.

          Semana passado fui em Barra Mansa, cidade vizinha aqui, e aproveitei pra procurar novidades em esmaltes, principalmente da marca L'Apogée pois só lá encontro. Infelizmente a loja fechou e não consegui o que procurava. Mas chegando em casa e revirando meu estoque vi que eu tinha um esmalte da marca que ainda não tinha usado. Há, veio direto para minhas unhas. É o L'Apogée 3 Free Jabuticaba.

Esmalte L'Apogée 3 Free Jabuticaba

Esmalte L'Apogée 3 Free Jabuticaba

Esmalte L'Apogée 3 Free Jabuticaba

          O Jabuticaba é um vinho que fica vermelho rosado (só assim consigo definir esse tipo de vermelho que não é puro), cremoso com acabamento jelly. Usei duas camadas, precisaria de uma terceira porque não cobriu muito bem as unhas, principalmente perto das cutículas. Eu dificilmente uso uma terceira camada, de teimosa mesmo, mas depois que tiro as fotos me arrependo e percebo que a esmaltação poderia ter ficado melhor kkkkk. Porém o brilho é lindo e a cor também.


Esmalte L'Apogée 3 Free Jabuticaba

Esmalte L'Apogée 3 Free Jabuticaba

          A cor nas unhas fica bem mais clara do que no vidrinho, acredito porém que com a terceira camada teria ficado mais parecida.
          Não tenho curtido muito esmaltes desse tipo porque são chatinhos de esmaltar e de limpar, como é o caso desse, mas na hora da compra é muito difícil perceber se o esmalte é jelly ou um cremoso encorpado. Agora a maioria das lojas nos impede de abrir os vidrinhos. Entendo os motivos dessa proibição, acho o fim do mundo comprar um esmalte novo com a boca do vidrinho já toda borrada e escorrida, sabe-se lá se porque foi aberto só por curiosidade ou se foi usado (já vi meninas "experimentando" o esmalte na loja, seguindo orientação de vendedoras). Ainda mais com a alergia, não posso me arriscar a sofrer uma reação por contato do esmalte novo com alguma "experimentada" anterior sobre um esmalte comum.



2 CHI Silk Infusion - Eu usei.

Bom dia!!

Tudo bem com vocês?

            Em agosto do ano passado fiz uma compra de vários creminhos para os cabelos e por conta de uma promoção recebi o CHI Silk Infusion de brinde. Eu não conhecia o produto e nem me empolguei na época, sério. Agora entendo porque algumas meninas ficaram me perguntando o que achei dele.

           No início deste ano, como parei com a tintura que estava detonando demais meus cabelos, resolvi me dedicar um pouco mais aos cuidados e aproveitar meu arsenal de produtos que juntei em casa. Me decidi por ele e como eu não sabia do que se tratava (eu tinha certeza de que era um condicionador), peguei a embalagem e fui lavar meus cabelos. Quando coloquei um pouco na mão levei um susto: só então fui ler as instruções e vi que se trata de um finalizador. Depois de um ataque de riso, usei o condicionador de sempre e parti para o teste usando o CHI Silk Infusion adequadamente.

CHI Silk Infusion Silk Reconstructing Complex

CHI Silk Infusion Silk Reconstructing Complex

           O Silk Infusion Silk Reconstructing Complex é um complexo de seda reconstrutor, indicado para todos os tipos de cabelos. Segundo o fabricante, é um rico tratamento cosmético sem enxágue, com seda pura e proteínas do trigo e da soja, que ajudam a fortalecer o cabelo proporcionando uma incrível suavidade, maleabilidade e brilho. Livre de parabenos e não testado em animais.


CHI Silk Infusion Silk Reconstructing Complex

            A embalagem é de plástico fosco, firme, com tampa dosadora bem comum, mas que é super funcional evitando desperdícios e vedando com tranquilidade. São 355ml de um fluido leve e oleoso, totalmente translúcido, com um perfume delicioso, chic. Quando a gente esfrega nas mãos não fica resíduo de óleo, desaparece totalmente ficando só o cheirinho gostoso.
             O modo de usar é de um finalizador: após lavar, aplicar uma pequena quantidade na palma das mãos e distribuir uniformemente em todo o cabelo. Não enxaguar e proceder com o penteado.


CHI Silk Infusion Silk Reconstructing Complex

            Eu uso assim: lavo meus cabelos normalmente, tiro o excesso de água com uma toalha e aplico a quantidade da foto acima no comprimento e pontas, espalhando bem - o que é fácil. Depois, aplico o creme de pentear, desembaraço com pente de dentes bem largos, faço a fitagem à minha maneira e aplico reparador de pontas amassando os cachos (com a cabeça virada pra baixo pra raiz não ficar colada na cabeça). Deixo secar naturalmente.
            Devo lembrar que meus cabelos são cacheados, secos, porosos e danificados pela tintura que já parei de usar em fevereiro, mas deixou os danos. Usei seguidamente por uns 3 meses e senti que o CHI Silk Infusion deixou meus cabelos muito macios e com um brilho incrível. Ao longo do tempo de uso, os fios foram ficando mais fáceis de desembaraçar e com as pontas menos ásperas. O porém é que não segura o frizz nem modela os cachos.


CHI Silk Infusion Silk Reconstructing Complex - Eu usei

            No auge do inverno e do tempo seco senti que já não me atendia tão bem, os fios começaram a ficar leves demais e com muito frizz, então interrompi o uso. Pretendo retornar o uso no verão.
             

Resumo

Pontos positivos:
♥ Suaviza e amacia os fios.
♥ Perfume marcante e sofisticado.
♥ Dá muito brilho.
♥ Ótima espalhabilidade.


Pontos negativos:
► Não segura o frizz.
► Não ajuda a modelar e segurar os cachos.


            Algumas pessoas poderiam dizer que é muito caro. No site que me enviou custa mais ou menos R$ 100,00, mas a embalagem é grandinha e rende muito. Acho um ótimo custo benefício e assim que o meu acabar (o que vai demorar) comprarei outro.


Recebi o produto como brinde numa compra que fiz com recursos próprios. 
Minhas impressões são espontâneas e representam minha real e sincera opinião. 

2 Esmalte Anita Free Eterno

Bom dia!

Tudo bem com vocês?

              No post anterior eu disse que me policio pra não usar sempre as mesmas cores, mas não resisti e usei esmalte vermelho. Quem resiste? Eu estava escolhendo um esmalte pela marca, e quando peguei esse vidrinho falei: é esse.
            Trata-se do esmalte Anita Free Eterno. Vermelhão lindo, clássico, daqueles que a gente quer usar sempre.

Esmalte Anita Free Eterno

Esmalte Anita Free Eterno

Esmalte Anita Free Eterno

            O Eterno é vermelho tomate cremoso, efeito jelly, muito pigmentado e com uma consistência muito boa. Apliquei duas camadas que cobriram bem o branquinho das unhas, mas encheu de bolinhas por causa do calor daqui, que tem sido de verão. O tempo de secagem foi normal e tem cobertura brilhante. Apesar de toda a pigmentação, foi fácil de limpar os cantinhos.


Esmalte Anita Free Eterno

Esmalte Anita Free Eterno

              Pra encobrir as bolinhas, apliquei uma camada da Cobertura Espelhada Impala.
            Como tive que cotocar as unhas porque ando desastrada eu achei que não ficaria legal, mas ficou sim, achei que ficou bonito. Esmaltei no dia 10 e durou dois dias sem lascar. 
              Notaram que minhas cutículas estão melhores? Eu estava ficando desanimada e até com vergonha com o estado delas. Mas voltei a usar o meu querido Creme para Mãos Nívea (resenha aqui) há uma semana. Eu estava testando outro e com certeza foi incapaz de nutrir e hidratar minhas cutículas.
                E vocês, têm tratado e hidratado as cutículas direitinho?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...