Férias em Guarapari - Parte 2

Bom dia!!

Tudo bem?

No início do mês, dia 4, fiz o primeiro post sobre as férias desse ano com fotos e relatos só sobre Guarapari-ES (você viu? aqui).
O post de hoje é sobre os passeios que fizemos durante esse período, ou seja, enquanto estávamos em Guarapari íamos a outras cidades e eu tentei registrei e separei algumas coisas pra mostrar pra vocês.
Tem muitas fotos.


Essa foto tirei em Anchieta, cidade vizinha a Guarapari, no dia que estávamos chegando por lá (dia 08 de outubro). Passamos nessa vila de pescadores, onde tem até construtores de barcos. Eu fico fascinada com a armação, a carpintaria, o nascimento de um barco.



No dia 10 já pegamos estrada novamente, e essa parada foi em Piúma. Achei lindo esse quiosque chamado "Tapera da Lagoa" que fica na areia da praia. Infelizmente estava fechado. Tem uma inscrição que diz: "Piúma Começa Aqui".



Arranhões na lateral do carro: Amor sismou de passar num caminho diferente, uma trilha cheia de galhos secos (3 minutos depois da foto anterior) e o resultado foi esse. Depois que tiramos a poeira vimos que o estrago não está tão grande, mas arranhou bem fundo.



No dia 14, por volta das 10:30h, partimos em nossa aventura rumo ao norte do Espírito Santo visando chegar à Bahia. Quando passamos ao lado dessa montanha em Serra-ES (região metropolitana de Vitória) tive que fotografar. Eu não resisto a essas paisagens!
O ES tem uma linda combinação de montanhas e mar, assim como o estado do Rio, mas sua maior cobertura verde e maior número de montanhas rochosas tornam as paisagens ainda mais belas.



Às 15:30h, depois de uns 400km rodados, chegamos à fronteira do Espírito Santo com a Bahia, a fronteira da Região Sudeste com a Região Nordeste. Confesso que eu esperava um marco na rodovia (BR 101), uma menção da fronteira, Boas-Vindas, sei lá. Acho que toda rodovia tem que ter. Era um momento muito emocionante pra mim (disse isso pra Amor) pois meu sonho sempre foi e ainda é conhecer o Nordeste. Saber que eu estava entrando nessa região me deixava eufórica. Mas...
Só vi duas placas à beira da estrada colocadas por empresas da região, dizendo que ali já era Bahia. Só. Tentei fotografar uma delas com o carro em movimento e a placa de sinalização ainda "entrou na frente". Hunf!!
Queria saudações, fogos, colar havaiano e confete pra minha entrada triunfal na Região Nordeste.



Primeira parada na Bahia, já entrando na cidade de Mucuri onde tem algumas pousadas (a maioria com cara de abandonada pelo menos nessa época) construídas praticamente na areia da praia. Como o dia estava muito nublado, tudo fica meio tristinho nas fotos, mas o lugar me pareceu gostoso. Achei legal essa cobertura, não sei qual a utilidade durante altas temporadas. É enorme.



Praia do centro de Mucuri. A cidade é minúscula, praticamente só uma rua de comércio. É visível que vive de verão e feriados. Não encontramos um lugar pra fazer uma parada ou lanchar. Na internet tem fotos de paisagens, praias, lugares lindos de lá, mas eu não consegui ver nada disso.



Fomos em frente, chegamos em Nova Viçosa por volta das 17:30h. Um pouquinho maior que Mucuri, a cidade tem uma região só de quiosques que achei o máximo, perto do mar tem as sombrinhas de palha (que imaginei ficarem lotadas em dias de sol) e ao longo da Avenida Bahia tem vários quiosques que lá são chamados de barracas. 



Paramos na Barraca Calamares pra fazer um lanche. Eles já estavam fechando (estava anoitecendo) mas nos serviram com simpatia e alegria. O dono da "barraca" logo veio puxar papo, perguntando de onde somos, quanto tempo ficaríamos por lá. Ele disse que é de Governador Valadares (tem mineiro na Bahia) e mora há um bom tempo por lá. A movimentação estava grande de recolhimento das coisas pra guardar então não demoramos. 
As barracas são bem interessantes, são restaurantes e lanchonetes de alvenaria com cobertura de telha e palha por cima pra dar um charme, estilo beira de praia. Cada uma com sua decoração exclusiva e cheias de elementos típicos.


Amor quis voltar dali.
Adeus Bahia, até a próxima!
Pegamos o caminho de volta, tentamos chegar em Itaúnas mas a estrada de chão nos desanimou, e então resolvemos chegar novamente em Guarapari. Mas à noite, com chuva, resolvemos não arriscar na BR e paramos pra dormir em uma pousada em Pedro Canário.



Logo de manhã retomamos a estrada, agora procurando passar pelo maior número de praias que pudéssemos. Quando passamos por Aracruz, saímos da BR e chegamos à praia do Coqueiral. Águas mansas, coqueiral imenso só interrompido pelos eucaliptos das fábrica de papel, e linda paisagem. O tempo ainda não estava ajudando, muitas nuvens.



A seguir, Barra do Sahy, com bancos de areia na maré baixa, águas tranquilas e, nessa época, totalmente deserta.



Praia de Santa Cruz, acho que ainda pertencente a Aracruz. Parece uma piscina de tão calma mas barrenta por causa do rio que deságua lá. 



Pra me localizar melhor: Passamos por Santa Cruz, agora rumo a Praia Grande (cidade de Fundão) e Vitória.



Marco da entrada do SESC de Fundão. Além da estátua peixe que achei o máximo, tem vários bonecos gigantes apontando a entrada. A praia é linda, praia Formosa, e o SESC de lá é imenso, muito colorido e convidativo. Só vimos por fora.



Amei esse castelo na praia Formosa, pertinho do SESC.




Essa é a praia Grande, já em Fundão-ES. Prefiro praias com águas azuis, mas essa até que é interessante. Sol começou a aparecer com força e tudo começou a ficar mais bonito. Ali paramos no Bar do Chico na beira da praia, onde comemos um Peroá com Fritas divino. O bar é muito organizado e convidativo, fiquei apaixonada.



O vento do litoral do Espírito Santo me encanta. Gosto até do barulho que faz quando passa na orelha. Só as fotos é que ficam "descabeladas". Aqui se não me engano, é Nova Regência.



Não anotei o nome da cidade ou praia (pra variar) mas achei lindo esse pequeno córrego que chega ao mar, e a árvore engolida pelas ondas. 



No dia 18, fomos a Vitória. Novamente dia de céu nublado. Paramos em Vila Velha pra procurar uma loja de cosméticos indicada pela Bruna que mora em Vitória, e Amor aproveitou calmamente uma água de coco. 



Praia da Costa, que acho bonita mas nunca paramos com calma. Tem um shopping super simpático lá onde sempre paramos e entre umas voltas, temos que comer um pastel no Garapa's.


Sobre a terceira ponte de Vitória, vista da cidade de Vila Velha. O Convento Nossa Senhora da Penha fica no alto da montanha e é cartão postal da cidade.


Ufa, muito grande esse post. Tem muito mais fotos, muito mais lugares. Quis destacar os que mais gostei, os mais interessantes. Alguns também já mostrei no ano passado (viu? aquiaqui e aqui).

O passeio na Bahia ficou curto e não me satisfez. Quero voltar com calma, ficando um pouco em cada cidade pra conhecer melhor. 

Fazer esse post me deu saudades, já estou querendo voltar pra lá...
  

5 comentários:

  1. Passear é muito bom! Para um lugar lindo como esse nem se fala!!!

    Beijinhos, beijinhos!
    Tamiris Bockmann!

    ResponderExcluir
  2. que delicia!!

    Bjukas!

    www.unhasetudo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi quelida que férias boas, eu adoro. Acho que janeiro vou para lá, sempre vamos em dezembro mas este ano a filha não vai poder ir pq não terá férias nem no Natal. Então vamos ficar aqui Natal e Ano Novo e janeiro vou para meu cantinho onde vc passou tb,digo que moro lá..kkkk
    Adorei sua rota e suas fotos que delícia!
    Passando para desejar
    Ótima terça!!
    ♥ Beijos coloridos!

    ResponderExcluir
  4. Viajar é bom demais!!!!!
    Adoroo.
    Flor to participando do seu sorteio. Tomara que eu tenha sorteee.
    Bjoo

    Jél

    mydiarybyjessi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu post! Adoro fotos de viagens, pois viajo junto! Adoooro!!! Um bjo e linda semana

    ResponderExcluir

Eu adoro quando você vem visitar o meu cantinho, e gosto mais ainda quando você deixa um comentário!
Obrigada pela visita.
Beijos!